quarta-feira, 5 de abril de 2017






Esperança...

...é uma crença emocional na possibilidade de resultados positivos relacionados com eventos e circunstâncias da vida pessoal. A esperança requer uma certa perseverança . É acreditar que algo é possível mesmo quando há indicações do contrário. O sentido de crença deste sentimento o aproxima muito dos significados atribuídos à fé.

Não há nada de errado com a esperança. Quando ela germina dentro da gente faz os dias parecerem melhores. As coisas possuem outro significado e você sorri à toa, feito bobo.

Mas quando ela se ausenta. O ar lhe falta, a vida fica sem graça e aquilo que você sonhou vira bolha de sabão a explodir ao acaso.

Seus sonhos são pisoteados e você deixa de querer estar aqui. O mundo já não é mais o seu lugar. Não existe o seu lugar, não existe o que fazer.

As lágrimas secam. O coração seca. Os lábios sem força, murmuram apenas um pedido de adeus.

Sem esperança... não há vida.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Traição































O peso da aliança dourada
Que do compromisso ato
Nos dedos não estão
Ferem os olhos meus
Porém, nem tanto,
O coração

Deixada secreta sob a mesa
Nas sombras jazia
Sua lealdade a'outro
Eu enquanto de ti bebia
Sem regras, limites
Ou acordos

Ela de valioso metal
Fria a um canto ficava
Já de seu corpo
Sem o símbolo ancestral
Todo junto ao meu
Comungava

A anelar ligação
Quais veias ao miocárdio levam
Fazem de ti meu amante
Livrando-me de toda treva
Deito-me contigo
Entregues, amor inconstante

Contudo, em segredo
Mistério devemos ter
Juntos aos lençóis sagrados
Tal aliança deves esquecer
Longe dos alheios olhos
Somente tu, és meu agrado
E tudo mais, deixado de lado
Junto de ti, meu amado amante

Quero mesmo é amanhecer.

Fim de Julho


Meio de julho
E o frio
Que era presente
Se vai
Esvai
Gota a gota
Anunciando
Agosto

Já canta
A sabiá
No fundo
Da grota
Enquanto
Julho acaba
E o gosto
Do vento
Se esgota

Já eu
Dia após dia
Contraceno
Numa eterna
Despedida
O adeus
Nada terno
Ao inverno
Dessa vida
E nada mais

Me importa.